Desculpas.


Eu te imaginei tão grande. Te imaginei melhor,melhor que eu,melhor demais pra mim.

Você sempre me disse que queria ficar,eu só não sabia quanto tempo. Nunca soube de verdade o que você era pra mim ou o que você queria ser.
Eu só recebia fagulhas de uma quase relação
quase gostar
quase 
e quase foi tão pouco. 
Mas como você me assumiria se sua intenção nem era ficar? 

Até eu perceber que tudo foi um jogo. E me pergunto por que não foi um jogo limpo. A verdade lhe doía muito? Foi mais fácil pra você me quebrar ao meio brutalmente? 

Mas tudo bem,foi melhor assim. Só assim eu pude perceber que você não era tudo isso que eu imaginei. Era só mais um cara que eu imaginei ser o "certo", eu fechei meus olhos para tantos erros que fiquei cega.
Cega por algo que nunca existiu.
Cega por você. 

Por isso eu peço desculpas. Desculpas por eu ter tido a patética ideia de que poderíamos ser algo. Desculpas por acreditar em alguém tão medíocre como você.

Eu só estava perdida,
e você me ajudou a me achar.

Comentários

Postagens mais visitadas