Os dias após você.


09/09
É,acho que ela tinha razão. Você até que é legal! Me tira aqueles sorrisos tímidos de madrugada quando ninguém em casa pode me imaginar acordada.

20/09
Não sei,mas você tem uma forma de me fazer sentir única! É tão prazeroso ouvir tua voz,me sinto confortável. Pra falar a verdade eu estava com certa saudade de sentir aquelas borboletas na barriga,e hoje me sinto repleta delas.

20/10
Você disse que me amava! De início eu me assustei,é um nível de intimidade que não estou acostumada. Mas foi bom ouvir. Sentia como se estivéssemos tomando o caminho certo,e estávamos. Eu acho.

10/11
Você sumiu,eu não sei ao certo o porquê. De inicio eu achei que o problema era comigo,depois que eu tivesse feito algo de errado...E por último,-mas não menos inadequado-,que você tivesse achado outra.

15/11
Você realmente some e aparece da vida das pessoas assim? Que estranho. Achei que se eu realmente importasse,receberia uma explicação...Bom,acho que não.

Ainda assim eu tento. Mas é inevitável não admitir que tem algo diferente! Não sei ao certo especificar. São tantas variáveis. Talvez seja você -por motivos óbvios-,ou até mesmo eu. Estou inquieta e cheia de dúvidas. E mesmo assim meu ego não me deixa perguntar.

17/11
Eu prefiro mil vezes acreditar que,a pessoa que estiver ao meu lado não tenha motivos nenhum para ficar comigo. Mas que mesmo assim ela escolha ficar. Não diria que seja vaidade,muito menos orgulho! Eu só espero que nos meus relacionamentos ocorra verdade,e mesmo assim sinto que verdade foi o que não houve entra a gente.

30/11
No final meus instintos estavam certos. Não me culpo por ter sido ingênua! Não consigo fugir de tudo e todos,acontece.

07/12
De primeira,eu achei que não superaria você. Drama? Um pouco! Mas é que na verdade é difícil achar pessoas que te abalem de tal forma em tão pouco tempo.

9/12
O tempo tem sido justo. Já não sinto mais sua falta! Finalmente consigo ser mais verdadeira comigo,-você me ajudou nisso,obrigada-. As coisas estão tão claras agora..."É tão mais fácil bancar de sábio depois que o acontece"

20/12
No final,você não foi "só mais um". E pouco me importa se eu fui isso pra você! Ao menos tive a convicção de que fui verdadeira. Obrigada! E ah,vai se fuder.


Comentários

Postagens mais visitadas