Memórias dela.


Ele aparenta ser aquelas minas que escutam bossa à caminho da praia, que acordam cedo para ver o sol,estudam pro vestibular de medicina...E seus olhos? tão profundos quanto o oceano. Eles expressam sinceridade, claros, e ao mesmo tempo misteriosos...Só Deus sabe o que aqueles benditos olhos viram ou passaram na vida.

Seu corpo e sorriso mostram a sua jovialidade e força. Ela é tempestade e maré baixa,assim,tudo ao mesmo tempo!

As vezes me pergunto: o que me encantou nela?
Sua risada juvenil,seus cabelos tão loiros quanto o sol,ou seu gosto por café? Parceiro,nem eu sei.
"O cara que a tem deve chacoalhar bastante em seu barquinho nessas águas..." Era a única coisa que conseguia pensar olhando para ela,naquela sexta feira de manhã.

"-Pode me passar o guardanapo? Perguntou.

-Claro!

Ela havia derramado um pouco de café na camisa branca,provavelmente da escola. E tentava a todo custo tirar,sendo que só espalhava mais.
Foi ali que percebi que ela poderia ser atrapalhada!

-É só passar vinagre branco!
Eu disse,em um estalo,sem pensar muito.

Ela se virou pra mim, e soltou um sorriso tímido.

-Obrigada, é só minha camisa da escola...Só estou um pouco irritada porque acabei de lavar! Respondeu.

-Essas coisas acontecem! Com vinagre branco sai rapidinho,dica de minha mãe...

Ela deu outro sorriso,dessa vez mais caloroso que o outro.

-Mães sempre estão certas. Seguirei essa dica,obrigada!

-Me chamo Samuel,mas pode me chamar de Sam...Eu disse,estendendo minha mão direita para cumprimenta-la.

Ela deu outro sorriso, e apertou minha mão.

-Beatriz!"

Beatriz,um nome tão simples e ao mesmo tempo tão delicado,combinava com os grandes olhos castanhos dela. Posso dizer que cantaria para ela todos os dias antes de dormir,só para vê-la adormecendo em meus braços...Sua risada é algo que guardo na memória, e só de fechar meus olhos e imaginá-la sorrindo já me torna um cara sortudo!


Comentários

Postagens mais visitadas