Navegue no Blog

16/01/2018

Vantagens de comprar em brechó

Eu nunca fui a pessoa menos consumista da família,confesso. Ainda sou (infelizmente) muito descontrolada quando o assunto é comprar roupas e/ou coisas que eu realmente não preciso. Tanto que,minha meta para esse ano é me segurar e entrar em um processo de autocontrole com a compulsão. Sim,eu gasto o dinheiro que eu não tenho com roupas!

Há um tempo atrás,de forma alguma,eu consideraria isso um problema. -"Sou só uma adolescente que gosto de me vestir bem",essa era a desculpa que eu dava a mim mesma quando era questionada sobre meu "consumo em excesso".

De um tempo para cá está havendo toda uma revolução sobre consumo consciente, minimalismo...E a nova era dos brechós!
Confesso que sempre fui aquela pessoa que se negava em comprar roupas usadas mesmo sabendo que, 1)eram roupas baratas e 2)não tinha/tenho dinheiro para comprar em lojas caras sempre. E para muitas pessoas a grande opção sempre foram os brechós, até onde as pessoas sabem, brechó é um lugar onde vende roupas velhas que ninguém mais quer. Pode se dizer que sim,mas não necessariamente são roupas velhas e sem potencial.

Na metade do ano passado eu comecei a pesquisar e estudar mais sobre COMO eu poderia melhorar esse meu mau hábito, e de que forma isso fosse benéfico para mim. E foi ai que eu entendi realmente todo o conceito de "consumo consciente". Esse termo se aplica em diversas áreas,como o vegetarianismo, inclusive no consumo de roupas! Não é só porque você não gosta mais de tal peça que significa que ela não é mais útil. Ela pode ser revitalizada ou simplesmente se transformar em outra.
Na fabricação de uma calça jeans simples,por exemplo,são utilizados cerca de 11 mil litros de água.  “consumir de forma consciente é levar em consideração os impactos ambientais e sociais da produção, uso e descarte de produtos e serviços"

Quantas calças jeans você tem em casa? Quantas você já jogou fora? E qual você quer comprar? Você precisa? essas são as perguntas que mais me faço quando eu ACHO que preciso de algo (só troco a calça jeans por outra coisa que eu quero comprar).
 Comprar em brechós é algo benéfico não só para o seu bolso,mas sim para o meio ambiente. Uma peça que tu compraria em um loja de departamento por R$50,00 por exemplo,tu compraria por R$10,00 (ou até mais barato) em brechó,e muitas vezes em ótimo estado.

E você ainda pode se dar ao luxo de: 1)enjoar da peça rápido,2)doar ela porque pagou barato.
E ah,eu criei um brechó e ateliê online com alguns amigos. Lá nós vendemos peças antigas,renovadas,criadas e até customizadas à mão por nós!

Segue a gente lá: @brestore

E vocês? O que estão fazendo para o bem próprio e o do meio ambiente?

See ya!



11/01/2018

Carta para 2018

Oi, você provavelmente não me conhece. E eu tampouco conheço você, acontece! Mas é que na verdade me falaram muito sobre você. Soube que você é uma “página em branco” e que eu poderia escrever e/ou traçar o que eu quiser. E sinceramente? Achei mágico. Confesso que, já escrevi e imaginei diversas coisas que eu gostaria de fazer! Eu sei,posso parecer meio louca quando o assunto é querer fazer tudo ao mesmo tempo. Mas eu acho que consigo. Então eu vou. 
Ah,não me leve à mal...São só desejos meus que espero muito realizá-los contigo. Não se sinta mal se eu te “escolhi” para isso, é que de alguma forma, você me parece mais gentil que os outros...Eu, no fundo, sinto esperança!


2017 foi um ano desgastante. Eu quebrei muito a cara, e confesso, também fiz muita merda. Mas sinto que, contigo, eu posso melhorar isso. E eu vou, eu juro!
Com você,eu sei que terei meu tempo de viver,realizar,chorar,conseguir,batalhar,crescer...


Então, por favor, 2018 seja gentil.


23/12/2017

Os dias após você.


09/09
É,acho que ela tinha razão. Você até que é legal! Me tira aqueles sorrisos tímidos de madrugada quando ninguém em casa pode me imaginar acordada.

20/09
Não sei,mas você tem uma forma de me fazer sentir única! É tão prazeroso ouvir tua voz,me sinto confortável. Pra falar a verdade eu estava com certa saudade de sentir aquelas borboletas na barriga,e hoje me sinto repleta delas.

20/10
Você disse que me amava! De início eu me assustei,é um nível de intimidade que não estou acostumada. Mas foi bom ouvir. Sentia como se estivéssemos tomando o caminho certo,e estávamos. Eu acho.

10/11
Você sumiu,eu não sei ao certo o porquê. De inicio eu achei que o problema era comigo,depois que eu tivesse feito algo de errado...E por último,-mas não menos inadequado-,que você tivesse achado outra.

15/11
Você realmente some e aparece da vida das pessoas assim? Que estranho. Achei que se eu realmente importasse,receberia uma explicação...Bom,acho que não.

Ainda assim eu tento. Mas é inevitável não admitir que tem algo diferente! Não sei ao certo especificar. São tantas variáveis. Talvez seja você -por motivos óbvios-,ou até mesmo eu. Estou inquieta e cheia de dúvidas. E mesmo assim meu ego não me deixa perguntar.

17/11
Eu prefiro mil vezes acreditar que,a pessoa que estiver ao meu lado não tenha motivos nenhum para ficar comigo. Mas que mesmo assim ela escolha ficar. Não diria que seja vaidade,muito menos orgulho! Eu só espero que nos meus relacionamentos ocorra verdade,e mesmo assim sinto que verdade foi o que não houve entra a gente.

30/11
No final meus instintos estavam certos. Não me culpo por ter sido ingênua! Não consigo fugir de tudo e todos,acontece.

07/12
De primeira,eu achei que não superaria você. Drama? Um pouco! Mas é que na verdade é difícil achar pessoas que te abalem de tal forma em tão pouco tempo.

9/12
O tempo tem sido justo. Já não sinto mais sua falta! Finalmente consigo ser mais verdadeira comigo,-você me ajudou nisso,obrigada-. As coisas estão tão claras agora..."É tão mais fácil bancar de sábio depois que o acontece"

20/12
No final,você não foi "só mais um". E pouco me importa se eu fui isso pra você! Ao menos tive a convicção de que fui verdadeira. Obrigada! E ah,vai se fuder.


26/11/2017

Coisas que aprendi com o livro "Extraordinário"

 Depois de mais de três meses sem conseguir terminar um livro decentemente...Voltei!
Lembro-me que no começo do ano me propus a ler -pelo menos- um livro por mês. Não foi bem isso,não segui essa meta totalmente. Mas,até agora li ao todo 10 livros! E isso já é um bom começo,eu acho.
Não fiz resenha de metade deles,eu sei. Sinto muito,porém vou tentar.

E o livro de novembro foi o tão aclamado e indicado: Extraordinário. Acho que esse foi um dos livros que mais me indicaram até hoje,confesso que já vinha tentando lê-lo há algum tempo,mas sempre o deixava como segunda opção...Enfim,o importante é que eu terminei e estou aqui para contar cinco coisas que aprendi com esse livro.
Sinopse
"Auggie Pullman é um garoto que nasceu com uma deformação facial. Pela primeira vez, ele irá frequentar uma escola regular, como qualquer outra criança. No quinto ano, ele irá precisar se esforçar para conseguir se encaixar em sua nova realidade."
  "Quem somos nós! Nós! Certo? Que tipo de pessoas somos?"
 Uma das mensagens que esse livro passa é:"(...)sempre tentar ser um pouco mais gentil que o necessário"
Gosto quando os livros me questionam de alguma forma. Seja ele um questionamento sobre minha pessoa ou não; gosto de questionamentos! E grande parte desse livro me fez questionar sobre meu comportamento em relação com as pessoas,se eu sou gentil ou não...E por que não ser um pouco mais gentil que o necessário?

"Devemos ser gratos pelas coisas que temos"
Por vezes somos tão injustos e ingratos com as coisas que temos e acontecem em nossa vida. E tudo bem,até porquê somos humanos...Mas as vezes é necessário um choque para pararmos de reclamar de tudo e olhar para as coisas -por mais simples que sejam- que nos foi dado e quanto somos abençoados.
 "A questão é que todos temos dias ruins."
Todos temos dias ruins. E nem por isso devemos considerar que nossa vida também seja ruim! São só tempos ruins...

"As vezes magoamos as pessoas sem querer,entende?"
Sim,magoamos pessoas. Assim como também somos magoados! O importante é aceitar isso e pedir desculpas,já é um grande passo.
 "Todos somos excepcionais" 
Cada um de sua forma é excepcional,importante...Sem exceção!

"Todo mundo deveria ser aplaudido de pé
pelo menos uma vez na vida, porque todos
nós vencemos o mundo."

August Pullman
"Se forem apenas um pouco mais gentis que o necessário, alguém, em algum lugar, algum dia, poderá reconhecer em vocês, em cada um de vocês, a face de Deus."

E vocês? o que aprenderam com esse livro? 

See ya!


21/11/2017

Um dia em Paquetá | Fotos

Faz tempo que não faço um post cheio de fotos minhas por aqui. Na verdade é que tem me faltado tempo e a rotina! Porque quando se entra em um rotina onde você passa pelos mesmo lugares,vê as mesmas pessoas...E a vontade e a inspiração somem. Simples,triste,porém real.

Enfim,essas fotos são de um tempo atrás -põe tempo nisso- que passei um dia inteirinho na ilha de Paquetá aqui no Rio. É uma ilha localizada na Baía de Guanabara,é tão pequena que você consegue conhecer a ilha toda à pé em menos de três horas!
Pra chegar na ilha você deve pegar uma barca,que o tempo é de mais ou menos uma hora.
Como é uma ilha turística,muitas coisas lá são bem antigas,como casas,restaurantes...Que dá até um certo charme ao lugar.

Fiquem com o vídeo que gravei de lá: